Policlínica Fazenda Rio Grande

A relação entre depressão e disfunção hormonal

Home>Notícias>A relação entre depressão e disfunção hormonal
A relação entre depressão e disfunção hormonal
Por: admin

Os motivos pelos quais uma pessoa pode sofrer com a depressão são diversos, inclusive hormônios desregulados. De acordo com uma revisão feita por cientistas das Faculdades Integradas Aparício Carvalho, de Porto Velho, em Rondônia, feita a partir de pesquisas publicadas nos últimos 30 anos, constatou-se que existe uma relação entre bagunça hormonal e depressão.

Mas, afinal, o que ocorre primeiro? A depressão desregula os hormônios, ou são os hormônios desregulados que causam a depressão? Parece que tudo ocorre meio que ao mesmo tempo. Tanto os sentimentos negativos causam influência sobre o corpo e, consequentemente, sobre o funcionamento hormonal, quanto a nossa química interna é capaz de alterar a maneira que enxergamos o mundo e, assim, ocasionar uma depressão.

Alguns exemplos de hormônios que, quando alterados, são capazes de desencadear a depressão, são a corticotrofina, o cortisol, o estrogênio, a progesterona e o T4. Isso ocorre porque, quando desregulados, tais hormônios dificultam a comunicação cerebral e/ou interferem na ação da serotonina, neurotransmissor responsável pela sensação de bem-estar.

Mas como evitar que os hormônios interfiram em seu estado psicológico? Alguns desses hormônios podem ser medidos e controlados facilmente. Assim, o ideal é procurar um psiquiatra assim que os sintomas da depressão forem percebidos. O médico avaliará o caso e diagnosticará as possíveis causas, caso o desequilíbrio hormonal esteja entre elas, um tratamento será indicado para corrigir e/ou controlar o problema.

O conselho é visitar regularmente o seu médico, a fim de garantir que a sua saúde de modo geral está em perfeitas condições! A Policlínica Fazenda Rio Grande conta com os melhores profissionais, para atender você e sua família!

 

Fonte: Abril


Voltar
Notícias Relacionadas

Notícias Relacionadas