Policlínica Fazenda Rio Grande

Bioimpedância: como funciona?

Home>Notícias>Bioimpedância: como funciona?
Bioimpedância: como funciona?
Por: admin

Para saber qual a quantidade aproximada de água, gordura, músculo e osso no corpo há o exame conhecido por bioimpedância, auxiliar no tratamento nutricional ou na academia, para aferir os resultados da dieta ou do plano de treino. É executado com frequência para comparar a evolução do tratamento nutricional ou físico aplicado.

O exame é realizado numa balança específica que emite uma espécie fraca de corrente elétrica pelo corpo, por meio de suas placas de metal. As disponíveis no mercado são a Tanita e a Omron. O exame detecta a quantidade de músculo, gordura, água e a capacidade de queima de calorias ao longo do dia, considerando a altura, o sexo, a idade e a intensidade de atividades físicas realizadas, informações acrescidas à balança.

Há dois métodos de se calcular os índices, de acordo com a instalação das placas de metal. Se as placas estiverem instaladas na superfície da balança, basta subir sem meias nela que os resultados serão mais precisos quanto à parte inferior do corpo. Já se o método consistir em segurar as placas de metal nas mãos, a precisão dos dados se dará quanto à parte superior dos membros, ou seja, troncos, braço e cabeça. Logo, o ideal é uma balança que mescle ambos os métodos.

O exame funciona da seguinte forma: a corrente elétrica percorre facilmente as partes com mais acúmulo de líquidos no corpo, e apresenta maior resistência na gordura e nos ossos. É exatamente essa velocidade de tráfego da corrente que fornece os dados para cálculo dos componentes do corpo.

Contudo, para que haja veracidade nos dados do exame é preciso alguma cautela, como: não ingerir alimento, não beber bebida à base de cafeína, nem fazer atividade física nas últimas 4 horas que antecedem ao exame; ingerir até 4 copos de água duas horas antes da realização do exame; não hidratar pés ou mãos e não ingerir bebidas alcoólicas nas últimas 24 horas antes de realizá-lo. A quantidade de roupa deve ser a mínima possível.

Os dados fornecidos também consideram a quantidade em quilos de massa gorda e de massa magra, acompanhada de um índice que delimita a quantidade saudável ao organismo. A balança ainda fornece a porcentagem de massa muscular, a hidratação com valores de referência que variam entre homem e mulher, a densidade óssea, a quantidade de gordura visceral, que envolvem os órgãos vitais, a taxa de metabolismo basal, ou seja, a quantidade de calorias que o corpo gasta em atividades cotidianas e a idade metabólica, que não deve ser superior à idade real para manutenção de índices saudáveis.

A Policlínica oferece o melhor em exame de bioimpedância, com qualidade nos serviços prestados, sempre priorizando a manutenção da saúde de seus clientes.


Voltar
Notícias Relacionadas

Notícias Relacionadas