Policlínica Fazenda Rio Grande

Dia do Atletismo – Cuidados com a saúde do atleta

Home>Notícias>Dia do Atletismo – Cuidados com a saúde do atleta
Dia do Atletismo – Cuidados com a saúde do atleta
Por: admin

A Policlínica se preocupa tanto com o bem-estar das pessoas que neste Dia do Atletismo (09/10) preparou um artigo com os cuidados que devem ser tomados para manter a saúde do atleta, pois não é somente de treino que um atleta é feito. Na verdade, há três pilares que elevam o rendimento desportivo, e todos eles estão interligados e são de igual importância: o treino, o repouso e a alimentação. Confira neste artigo, como cuidar de todos os aspectos que envolvem um bom desempenho das atividades físicas.

 

Treinamento e alimentação: uma dupla inseparável

Quando o assunto é desempenho e saúde há uma dupla inseparável: o treinamento e a alimentação. Seja amador ou profissional, para que um atleta atinja seus objetivos é necessário que ele ingira os alimentos necessários para fazer seu corpo aguentar o desgaste de suas atividades.

Assim, associar corretamente a alimentação ao tipo de treino a ser realizado é fundamental para o alcance de metas. Portanto, a escolha do alimento adequado antes, durante e depois da atividade física precisa ser escolhido com cautela, e com orientação conjunta de um nutricionista e de um treinador.

Aqui a atenção especial vai principalmente para a refeição pré-treino, pois esta é o combustível para as atividades. Além disso, é comprovado cientificamente que as refeições ou lanchinhos pré-corrida ou pré-treino aumentam os níveis de energia e melhoram a performance.

Caso você tenha dificuldade em se alimentar pela manhã, prefira alimentos leves e de fácil digestão, como por exemplo, uma fruta, uma torrada ou um pote de iogurte ou agende sua avaliação nutricional na Policlínica para ter uma orientação de acordo com o seu perfil. O que não pode é treinar sem se alimentar.

 

O que ingerir antes, durante e pós-treino?

A seguir, vamos listar algumas dicas do que ingerir antes, durante e pós o treino, porém, vale ressaltar que cada pessoa tem um histórico e vidas diferentes e, portanto, é preciso muito cuidado com as dietas da moda e as dicas de pessoas sem formação propagadas nas redes sociais. Então, lembre-se: a nutrição deve ser personalizada e indicada por um profissional, como nutricionistas que você encontra na Policlínica. Enquanto você não agenda sua avaliação, confira estas dicas.

  • Pré-Treino: Não tem segredo, a alimentação pré-treino deve ser carboidrato. O tipo, a quantidade e a hora de ingeri-lo vai variar, mas é o carboidrato que vai garantir a energia necessária para uma atividade bem-sucedida. Além disso, você pode optar pelas frutas, como banana, tangerina, uvas ou até suco de frutas.

 

  • Durante o treino: Mesmo com a ingestão pré-treino, as reservas de energia irão se esgotar conforme o nível de intensidade da atividade, o que causará uma redução no desempenho esportivo. Por isso, durante o treino você poderá recorrer às frutas in natura ou desidratadas, jujuba, paçoca, doces de frutas tipo banana, azeitonas, bebidas repositoras e/ou energéticas ou gomas mastigáveis específicas para atletas.

 

  • Pós-treino: A alimentação pós-treino é tão importante quanto às demais, pois acelera a recuperação do corpo assim que a atividade for encerrada. Então, pode ser um sanduíche, uma barrinha, o que você preferir.

 

Agende sua na consulta na Policlínica

Com certeza você ainda tem algumas dúvidas quanto ao cardápio ideal para potencializar seu treino. Então, agende hoje mesmo uma consulta com o nutricionista da Policlínica.  


Voltar
Notícias Relacionadas

Notícias Relacionadas