Policlínica Fazenda Rio Grande

Proteja-se da Dengue, Zica, Febre Amarela e Chikungunya

Home>Notícias>Proteja-se da Dengue, Zica, Febre Amarela e Chikungunya
Proteja-se da Dengue, Zica, Febre Amarela e Chikungunya
Por: admin

O Aedes aegypti voltou a atacar, como sempre faz em tempos chuvosos, o que demanda uma atenção redobrada aos cuidados para evitar as mazelas que o mosquito provoca, como a dengue, a zika, a febre amarela e a chikungunya.

Dengue – é uma doença viral transmitida pelo mosquito, mas também é transmitida por transfusão de sangue e pela mãe ao filho no ventre. A picada pelo Aedes aegypti atinge anualmente cerca de 50 milhões de pessoas ao redor do mundo. Uma vez instalado o vírus, a pessoa passa a ter dor de cabeça, febre alta, fraqueza, coceira na pele, náuseas, vômitos, perda de peso e dor por trás dos olhos. Dores abdominais e sangramento de mucosas são comuns em estágio avançado da doença. Ao se buscar o médico, tratam-se os sintomas, já que não há tratamento específico à dengue. Repouso, ingestão de líquidos e ausência de automedicação são comportamentos requeridos. A água parada é um criadouro do mosquito, assim, o único método preventivo é eliminar os focos de reprodução do inseto e usar repelente para se manter longe do risco, pois nem vacina existe contra a dengue.

Zika – também causada pela picada do mosquito, está relacionada com a microcefalia, que assusta muitas grávidas e futuras mães. Não há evidência de transmissão da doença por meio do aleitamento materno, nem por saliva ou urina, segundo o Ministério da Saúde, mas quanto à transmissão pela relação sexual ainda está em avaliação, frente às evidências positivas. Os sintomas mais frequentes são febre baixa, dores nas articulações, dor de cabeça, manchas avermelhadas na pele, olhos vermelhos e coceiras. Há outros sintomas não tão corriqueiros, como dor de garganta, inchaço no corpo, vômito e tosse. No prazo de 3 a 7 dias os sintomas desaparecem. Dipirona e paracetamol são indicados para aliviar os sintomas, além de anti-histamínicos. A prevenção é semelhante à da dengue – eliminar focos do mosquito, passar protetor solar e, quando grávida, usar roupas que cubram ao máximo o corpo, além de praticar sexo seguro – esta última recomendação estendida a todos.

Febre Amarela – essa doença de desenvolve pela picada do mosquito fêmea infectado. Não apenas a picada do Aedes aegypti transmite a doença, como também o Haemagogos. As febres são intensas, acompanhadas de dor de cabeça, náusea, vômito, calafrio, icterícia, dor no corpo e hemorragias. Quando os rins e o fígado são afetados por insuficiência, o quadro avança ao óbito em apenas uma semana. Reposição de líquidos e repouso são exigidos, além de reposição de sangue, quando adequado. Há vacina gratuita contra a febre amarela que, inclusive, encontra-se em propagação no Estado de São Paulo e outros Estados brasileiros. Recomenda-se a vacinação com antecedência em caso de deslocamento para áreas afetadas pela doença, mas a vacina não é recomendada a quem tem problemas imunológicos, a grávidas e aos alérgicos à gema do ovo.

Chikungunya – marcada pela febre alta e fortes dores nas articulações dos tornozelos, pés, mãos e punhos, a doença transmitida pela picada dos mosquitos Aedes aegypti e Aedes albopictus também pode provocar dor de cabeça, manchas avermelhadas na pele e dores musculares. Anti-inflamatórios e paracetamol são indicados para tratar os sintomas, além de repouso absoluto e ingestão de muita água. A prevenção é a mesma das doenças anteriores. Não se recomenda a medicação com AAS (ácido acetil salicílico) por conta da hemorragia e, quem contrair a doença, fica imune até o final da vida.

A Policlínica se preocupa com sua saúde. Consulte nossos excelentes serviços.


Voltar
Notícias Relacionadas

Notícias Relacionadas